quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Panettone Recheado com Creme de Nutella

Última Gordice do Ano!

Super fácil e sucesso garantido, a dieta a gente deixa pra 2015 né?!

Peguei um Chocottone (seria melhor um Panettone, aquele com frutas, mas era o que eu tinha) e cortei em 3 camadas.
Para o recheio e cobertura: 2 caixinhas de creme de leite e um pote médio de Nutella. Bate o creme de leite um pouco antes e depois mistura a Nutella. 


Na hora de montar, antes de colocar o recheio, molhei a massa com um licor de Lichia que minha prima trouxe da China, chama-se Litchao, não é grosso e nem muito doce. Na falta deste qualquer outro licor que não seja muito doce vale, acho que também ficaria muito bom com Rum.

Não tive muito saco para bater o creme de leite na mão pra ficar no ponto de chantilly então o recheio ficou um creme não muito firme mas não comprometeu.

Acabando de montar coloquei mais creme por cima e decorei com uvas, cerejas e um pouco de açúcar de confeiteiro (esse eu coloquei bem pouquinho só em cima das frutas)


Feliz Ano Novo!!
Que 2015 seja cheio de Frivolités, saúde, sorte e surpresas boas!


Update:

Fiz outro hoje de manhã (01/01)... hahaha já começando 2015 com o pé na jaca!
Molhei a massa com um Vinho Rosé que sobrou da ceia de Ano Novo



segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Loja Querida do dia: Granado

Eu amo/sou louca por tudo que envolva cheiro: sabonetes, velas, cremes, etc.
Já havia visitado a loja da Farmácia Granado no centro do Rio e quase enlouqueci! Queria tudo, eu podia morar dentro daquela loja... mas ela é longe, vivia saudosa até que descobri que abriram uma filial (não tão grande mas tão bonita quanto a do centro) no Shopping Rio Design da Barra, parece que já tem algum tempo mas como não vou muito a esse shopping não sabia.
Na loja tem produtos Granado e também da Phebo, que foi adquirida pela Granado em 2004.

Estive lá ontem, gente, que felicidade!
Obviamente tive que me segurar pra não levar a loja inteira pra casa (então é assim: eu fico feliz mas sofro..hahaha)

Eles lançaram uma linha de maquiagem e esmaltes, tudo lindo.

maquiagem Phebo

Comprei sabonete líquido da linha Vintage.

Linha Vintage Granado

Essa caixa linda da linha Vintage, eu já tinha, ganhei faz algum tempo e estava sem coragem de usar, mas agora que sei posso repor facilmente.

Sabontes Vintage Granado


Essa linha nova da Phebo é maravilhosa, chama-se Mediterrâneo. Tem as seguintes fragrâncias: Alfazema Provençal, Cedro do Marrocos. Figo da Turquia, Limão Siciliano e Tuberosa do Egito.

Produtos Phebo

Todas ótimas, mas a minha preferida é a de Limão Siciliano. Tenho o creme hidratante para as mãos delicioso, não deve nada aos da L´Occitane. A Colônia também é uma delícia, muito refrescante e o sabonete (já comprava dele em farmácias normais) é o queridinho do momento lá em casa. E olha esse kit montado numa lata fofa (falou em lata fofa eu até me arrepio, amo, amo, amo)


Linha Limão Siciliano Phebo

Outros cremes para as mãos ótimos

Cremes para Mãos Phebo

As velas são lindas e cheirosas também mas acabei não fotografando... 

Este post não é patrocinado, não recebo nada para fazer propaganda da marca, apenas me sinto na obrigação de divulgar um produto que é nacional e de extrema qualidade.

Bisous!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Feliz Natal!


Essa semana andei muito atarefada, com algumas pendências pra resolver e um gato doente (Edgard, sempre ele).

Pra mim 2014 foi um dos anos mais difíceis dos últimos tempos, em todos os aspectos: comecei o ano me recuperando da mordida do cachorro, no trabalho foi um desafio atrás do outro, aqui em casa a família cresceu inesperadamente, eram dois gatos e agora são quatro, Edgard chegou aqui acidentado e vive doentinho, demandando tempo e dinheiro quase infinitos, além de outras coisas que nem valem a pena lembrar.

Mas nem tudo foi tragédia. Também foi o ano que eu usei minhas férias pra cuidar de mim, fiz curso de Reiki, passei um fim de semana maravilhoso na Aldeia do Sol, conheci muita gente legal e por fim criei coragem pra fazer o blog. Um sonho antigo que estou tentando agora realizar a despeito de todas dificuldades.

Então, hoje dei uma pausa na correria da véspera de Natal pra vir aqui desejar um Feliz Natal pra todos nós. Que este restinho de ano seja repleto de amor e paz.

FELIZ NATAL!! 

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Vamos Aprender Francês?



Atendendo ao pedido de um amigo fiz uma lista de sites onde se pode aprender francês e vou compartilhá-la agora com vocês:

http://www.bbc.co.uk/languages/french/
O site é em inglês (bom que a gente estuda duas línguas ao mesmo tempo rss). Tem vídeos, teste de nível, exercícios, gramática, vocabulário.

http://www.tresbienfrench.com/
O site é segmentado por níveis: novato, intermediário, avançado e também por assuntos: gramática, medicina, viagem e negócios.

http://frances.forumdeidiomas.com.br/
Gosto bastante deste fórum que traz boas dicas. É bem diversificado, tem desde os provérbios em francês até temas mais avançados.

Bisous!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Bûche de Noël

Aproveitando que dezembro é o mês da comilança quero apresentar pra vocês a Bûche de Noël, sobremesa de natal oficial dos franceses, canadenses, belgas e outros povos francófonos. 
A tradução para o português é Tronco de Natal e na prática nada mais é que o nosso bom e  velho rocombole: recheado, na maioria das vezes com chocolate, e decorado como um tronco de árvore. Hoje em dia estão mais elaboradas e na maioria das vezes não têm mais aquele look de tronco de árvore.

Minha avó fazia quando eu era pequena, mas não para o Natal, ela fazia como bolo de aniversário mesmo (ela era um gênio na cozinha, fazia tudo de cabeça, o lado ruim disso é que ela não deixou um caderno de receitas que eu pudesse herdar kkk).

Mas voltando à França, todo ano cada pâtissier faz a sua Bûche de Noël, eles buscam sempre surpreender e cada um possui a sua receita secreta. Separei algumas criações deles para 2014 (só pra gente sofrer  um pouquinho)

Pierre Hermé


Bûche de Noël Infiniment Mandarine:
A receita saúda todos o componentes da tangerina: a poupa, a casca, as raspas e o suco.
O bolo é molhado com o suco e o recheio leva compota e geleia de tangerina.
Preços: 48 euros (para 4 pessoas) e 82 euros (para 8 pessoas)

Pierre Hermé Bûche de Noël Infiniment Mandarine

Bûche de Noël Infiniment Vanille:
pâtissier combinou baunilhas do México, Tahiti e Madagascar para criar essa Bûche que leva ganache de baunilha e creme de mascarpone.
Preços: 48 euros (para 4 pessoas) e 82 euros (para 8 pessoas)

Bûche Infiniment Vanille Pierre Hermé

Jean Paul Hévin


Bûche Maboule
Faz parte da coleção "Folie Douce", numa mistura de loucura e criatividade o pâtissier traz uma ganache de chocolate ao vinho entre duas conchas de macaron cristalizados com laranja e gengibre, imprensada por dois hemisférios coloridos de chocolate amargo. A descrição é difícil mas o resultado deve ser delicioso.
Preço: 86 euros (peso 930g, serve 8 pessoas)

Bûche Maboule Jean Paul Hévin

Bûche Glacée aux Marrons
Pão de ló de Marron Glacé (um doce feito com castanhas portuguesas) com sorbet de framboesa, coberta com merengue italiano caramelizado e decorado com um marron glacée e um machadinho feito de chocolate .
Preço: 35 euros (serve 7 pessoas)

Bûche Glacée aux Marrons Jean Paul Hévin

Fauchon


Bûche Noël Victoria
Feito com framboesa e pistache
Preços: 50 euros (para 4 pessoas) e 80 euros (para 8 pessoas)

Bûche Noël Victoria Fauchon


Bûche Noël Éclat
Uma aliança perfeita de chocolate amargo, ao leite e branco, com baunilha, maracujá, manga e caramelo.
Preços: 60 euros (para 4 pessoas) e 120 euros (para 8 pessoas)

Bûche Noël Éclat Fauchon

Já se desesperaram o bastante?
Fui ver onde comprar uma Bûche de Noël aqui no Rio e achei na Boulangerie Guérin:

Bûche Noël Boulangerie Guérin

Feita com pão de ló de avelã recheado com creme de semente de cumaru da Amazônia e pranilé crocante de avelã. A cobertura é de chocolare Belga Callebaut (66% cacau da Fazenda Boa Sentença, na Bahia). A base é uma pâte sucrée de amêndoas. Serve até 8 pessoas e custa R$98,00.

Só de olhar já engordei uns 10 quilos!

Bisous!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Ideias para uma Reunião Informal

Essa semana fui ao Chá da Catarina, a bebê da minha prima Carol, que é uma grávida linda e organizou uma reunião pra aproximadamente 30 pessoas no apê dela. Não frequento muito chás de bebês mas acho que as coisas que vi por lá servem para qualquer reunião informal:

A mesa com as guloseimas maravilhosas lindamente decorada.


Flores e frutas ajudaram a criar o clima alegre e colorido 


 Bolinhos de cenoura com cobertura de Nutella. Divinos!


A mesa de salgados (acabei só fotografando os detalhes).


Guardanapos fofos e coloridos colocados dentro de Xícaras e espalhados pela sala.


Muitas flores espalhadas pela casa.



Copos descartáveis e uma caneta de dvd para os convidados marcarem seu nome e usarem durante a festinha. Um solução prática e sustentável.


 E a grávida mais linda do ano. Que a Catarina venha com muita saúde!


Bisous!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Dica de Leitura: A História Secreta de Paris

Como ladrões, vigaristas, cruzados, santas, prostitutas, déspotas, anarquistas, poetas e sonhadores transformaram um povoado Glaulês na cidade luz da Europa.


Escrito pelo inglês Andrew Hussey o livro tem 524 páginas (sem contar com as notas e referências bibliográficas) e conta a história de Paris desde aproximadamente 250 a.C., quando ela já era um povoado habitado pela tribo celta chamada Parisii (ou Parísios) até 2005. Adoro livros grandes, demora mais pra acabar (e quando acaba dá aquela depressão pós-livro hehehe). Ele é dividido em 9 partes cada uma correspondendo a um período.
A parte 1, chamada O Velho Oceano, que vai da pré-história até 987 d.C pra mim foi a mais difícil, apesar de me interessar muito pelos Celtas mas o enfoque do livro é outro e esse período da cidade não me cativou muito.
A partir da parte 2, Cidade da Alegria, que vai de 988 a 1460, a leitura foi ficando mais atrativa.
O autor procura narrar a história pela ótica das pessoas comuns e os cenários do livro, muitas vezes, são os bares, os cafés e as vielas mal iluminadas onde se desenrolaram noitadas e o dia a dia.
Não terminei de ler ainda mas já recomendo fortemente!

Bisous!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

A Cor do Ano para 2015

Desde 2000, todo ano a Pantone (empresa que criou um sistema de cores amplamente usado pela indústria gráfica e têxtil) lança uma cor para o ano seguinte.
E a cor do ano de 2015 será a Marsala 18-1438.



Mas pra que serve a cor do ano e de onde vem essa inspiração?
Essa tonalidade servirá para inspirar coleções de maquiagem, roupas, tintas de parede e outros produtos.
Segundo a empresa o objetivo não é escolher uma tonalidade da moda mas sim encontrar uma cor que represente os sentimentos e anseios das pessoas globalmente, de acordo com suas atitudes, estados de espírito e identificação. Então, teoricamente, ela já estaria inserida no imaginário das pessoas e a empresa detecta isso de alguma forma.
Marsala é o nome de uma cidade italiana e também de um vinho, o que nos traz uma sensação de sofisticação, elegância, é um tom terroso e quente. É a volta do Luxo!
Além da cor do ano eles disponibilizam paletas como sugestão de combinações:


Eu, de cara, não me identifiquei muito não, ainda estou muito apegada na cor de 2014 e também na de 2013, que são mais a minha "cara". Achei que essa paleta combina mais com inverno europeu, e esse luxo não faz muito parte da minha vida, mas vamos ver no que dá né?!
Só pra lembrar, vejam as cores dos anos anteriores:

as minhas preferidas são: 2008, 2013 e 2014

No site da Pantone (o gringo, pq no brasileiro ainda está a cor de 2014) eles contam todo o processo da escolha da cor e mostram como ela funciona na prática.
Vejam algumas fotos tiradas de lá:



Olhando assim, no tecido só enxergo "marrom", esperava algo mais "vinho", mas curti bastante a cor do batom.
E vocês, o que acharam?

Bisous!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Músicas Francesas

Uma vez, há muito tempo atrás, contei pra uma amiga que eu adorava música francesa e na hora ela rebateu dizendo que detestava. Gosto não se discute mas se fosse hoje perguntaria: O que você conhece de música francesa? Edith Piaf e Charles Aznavour? Adoro os dois, mas a música francesa de hoje vai muito além.
Quando eu estudava na Aliança Francesa de Botafogo (sem dúvida a melhor filial da Aliança) tinha acesso a um acervo de cds, dvds e livros do centro multimídia e podia levar o que quisesse emprestado. Foi lá que conheci Thomas Fersen, Carla Bruni, Henri Salvador entre outros.
Agora vou compartilhar com vocês os meus cantores/compositores preferidos:

Thomas Fersen
Cantor e compositor que faz sucesso desde os anos 90. As letras das músicas são divertidas, falam do cotidiano, impressões e sentimentos. Adoro a voz grave e o piano que ele usa em algumas músicas, como essa:



Au Café de la Paix fala sobre um encontro marcado num dos cafés mais famosos de Paris.

Carla Bruni
Podem me julgar mas eu gosto de Carla Bruni, tenho 4 álbuns dela (1 só tem músicas em inglês, mas ok).
Sua vida daria um filme: ela nasceu rica e linda,  já foi modelo, virou cantora e compositora, teve uma vida amorosa pra lá de diversificada, namorou os roqueiros Eric Clapton e Mick Jagger (trocou o primeiro pelo segundo), o magnata Donald Trump (Eca!), os atores Kevin Costner e Vincent Perez, o editor Jean Paul Enthoven (esse ela nega) e seu filho, o filósofo Raphael Enthoven (dizem que trocou, de novo, o primeiro pelo segundo, com quem teve um filho - e ele era casado! só esse babado já dava um filme). Por fim virou primeira dama da França, se casando com o então presidente Nicolas Sarkozy, teve uma filha com ele. Hoje faz a linha Mère de Famille e chama o Sarko de Mon Marri. 
Não sei se os franceses gostam muito dela, acho até que não... mas enfim, eu gosto da voz e de muitas musicas. Difícil escolher uma, mas é preciso, então ouçam essa mais recente onde ela cita as grandes estrelas da música francesa:


A música mistura francês e inglês e começa dizendo: "Quando tudo vai mal, experimente música francesa". Em outro momento fala que a música francesa nos levará a Paris. Acho fofa.

Henry Salvador
Cantor e compositor que adorava o Brasil e era considerado por muitos como precursor da Bossa Nova. Não preciso dizer mais nada, ouçam-no e vejam como não tem como não amar.




Brigitte
Duas  cantoras moderninhas que resolveram formar um Duo, o nome escolhido faz homenagem à Brigitte Bardot, Brigitte Fontaine e Brigitte Lahaie.




"M" (Mathieu Chedid)
Figura estranha que usa roupas chamativas e um cabelo no formato de M. Criou esse personagem para driblar a timidez e diferenciar seu trabalho do de seu pai e avô. Ele é mais conhecido pela música "Belleville Rendez-Vous" do filme As Bicicletas de Belleville. Eu gosto mais dessa musica aqui:




Vou parando por aqui porque o post tá longo e já deu pra ter uma ideia do meu gosto musical.

Se quiserem ouvir mais fiz duas playlists lá no Spotify. Só clicar Aqui ou aqui.

Bisous!

P.S- Veja também: Músicas Francesas- Parte 2